A Estória do VCC
Como identificar uma seita
Predestinação/Livre Arbitrio
Budismo
Catolicismo Romano
Confucionismo
Hinduísmo
Islamismo
Judaísmo
Taoísmo
Xintoísmo
A Família/Meninos de Deus
Adventismo
Candomblé
Católicos Carismáticos
Ciência Cristã
Congregação Cristã no Brasil
Cultura Racional
Espiritismo Geral
Espiritismo Kardecista
Feitiçaria
Hare Krishna
Igreja Messiânica
Igreja da Unificação - Reverendo Moon
LBV
Mormonismo
Nova Era
Racionalismo Cristão
Reencarnação
Satanismo
Seicho-No-Iê
Tabernáculo da Fé
Testemunhas de Jeová
Umbanda
Unicismo
Willian Soto Santiago
Maldição de Família
Teologia da Prosperidade
G12
Batalha Espiritual
Espirítos Territoriais
Cura Interior
 
 
 
 

NOVA ERA

   

C. - Algumas crenças adicionais do M.N.E. sobre Deus são:

1. - Ele (ou Este) é impessoal, onipresente e benevolente -- portento, não condenaria ninguém.

a. - O deus da Nova Era é impessoal. Um deus impessoal não revelaria a si mesmo nem teria exigências específicas quanto a moralidade, crenças ou comportamento. Por isto, a reencarnação é tão sedutora apra eles. Com isto, não há julgamento, existe uma segunda chance, e uma terceira, quarta, ...

b. - Deve-se notar que pelo fato do seguidor da Nova Era elevar a si mesmo a divindade, ele deve diminuir a majestade e personalidade de Deus. Em outras palavras, o universo não é grande o bastante para um verdadeiro Deus, mas é grande o bastante para conter inúmeros pequenos deuses.

2. - Não existem absolutos morais para na Nova Era. No entanto, eles pedem para se ter tolerância espiritual para com todos os "sistemas de verdade". Eles chamam isto de "harmonização".

a. - Existe um problema óbvio aqui. Dizer que não existem abolutos morais é um absoluto em si, o que uma contradição. E também, se a moralidade é relativa, então roubar é certo algumas vezes, e também mentir, adulterar, enganar, etc. Viver em um mundo de relativismo moral pode não ser um futuro promissor.

b. - Seguindo o raciocínio que se a realidade é relativa e a verdade também, então dirigir um carro poderia ser difícil. No fim, se um seguidor da Nova Era pensa que a luz é vermelha e outro pensa que é verde, quando eles colidirem as suas diferentes realidades se chocarão com eles. Isto é uma coisa muito interessante acerca dos seguidores da Nova Era: eles não vivem de acordo com o que eles crêem. Isto, porque, na realidade, o pensamento da Nova Era não funciona.

c. - O M.N.E. advoga honestidade, integridade, amor, paz, etc. Só que querem isto sem o verdadeiro Deus. Querem fazer estas coisas não nos termos de Deus, mas nos seus próprios.

a.. 

b.. 3. O que o M.N.E. faz.

A. - É uma esponja que tenta absorver todas as religiões, culturas e governos.

B. - Procura unificar todos os sistemas dentro de uma unidade espiritual e sócio-econômica.

C. - Usam vários meios para terem experiências místicas com Deus e/ou natureza e/ou consigo mesmo. Alguns destes métodos foram descritos na revista Omni Magazine (How to Have a Mystical Experience. Dec. 1988, p. 137-145) como imaginação, onde você é levado a imaginar a sua própria realidade; transcendência, indo além dos limites de tempo; privação do sono, com o propósito de induzir experiências místicas; focalização, "para experimentar toda a realidade unificada e não como uma coleção de objetos isolados"; anulação, onde a comunicação com o mundo exterior é interrompida no intuito de reinterpretar o mundo sem a sua influência; identificação, "Trocar de lugar mentalmente com um cachorro ou um gato, canário, ou animal em um zôo"; reflexão, um exercício desenvolvido para ajudar você a ver o ano que vem de maneira diferente, e star-gazing, "para induzir um senso de objetividade acerca da vida e um sentimento de conexão com o resto do cosmos."

b.. 4. O que o M.N.E. não faz.

A. -Não ensina que o homem é pecador - Rm 5:12; Ef 2:3.

B. - Não ensina que o homem depende de Deus para todas as coisas - Is 43:7; Tg 1:17.

C. - Não ensina que a condenação é eterna - Ap 14:11.

D. - Não ensina que a conseqüência do pecado é separação eterna de Deus - Rm 6:23; Is 59:2.

E. - Não ensina que Jesus é o único caminho para Deus - Mt 11:27; Jo 14:6.

F. - Não aceita o cristianismo como a verdade - 2 Tm 3:16.

b.. 5. Terminologia da Nova Era

A. - De acordo com a Bíblia, o homem é portador da imagem de Deus (Gn 1:26), e também, é uma criatura que fala. Lembre-se, Deus disse: "...Haja luz" (Gn 1:3).

B. - Na Nova Era as palavras são muito importantes. De fato, a Nova Era tem algumas de suas próprias palavras especiais. Algumas destas são: Holístico, holografico, sinergístico (sinergia), unidade, unicidade, harmonia, transformação, crescimento pessoal, potencial humano, vigília, networking (rede), energia, e conscientização. Estas palavras são muito comuns nas conversações e escritos da Nova Era.

C. - De fato, se for a uma livraria especializada em Nova Era e ler os títulos ou seus livros, você verá uma uso desproporcional da palavra: auto (em inglês: self).

6. A Interpretação do Cristianismo pela Nova Era

A. - Deus não é um Pai Celestial pessoal mas uma força impessoal.

B. - Deus é tudo e tudo é Deus. Deus não é o "único" criador de tudo, mas de parte de tudo o que existe.

C. - Não existe nada que não seja Deus. (Isto é panteísmo.)

D. - Não existe pecado, somente um entendimento incorreto da verade, Conhecimento é que salva, não Jesus.

E. - Inferno não é um lugar, mas uma experiência aqui na terra; é um estado mental.

F. - Jesus foi apenas um meio de apresentar a verdade divina. ele exemplificou a conciência de cristo melhor que qualquer outro.

G. - Cristo é uma forma de consciência, uma forma de eu altamente evouluído. Isto pode adquido por todos já que qualquer um é divino. "Isto é um cristo que não pode ser crucificado" (Miracles, Lesson 303, p. 441).

H. - "Um milagre é uma correção... É meramente olhar a devastação, e reordenar a mente para que entender que o que vê é falso. É anular o erro" (Miracles, p. 164). Um milagre para a Nova Era não é uma intervenção de Deus para realizar a Sua vontade mas a realização da verdadeira realidade que Deus está em tudo e que você é Deus.

b.. 7. A Visão do Homem pela Nova Era

A. - Desde que tudo é Deus, e o home é parte do todo, então o homem é Deus. Isto é panteísmo.

1. - Esta é uma crença do sistema místico oriental que está invadindo a América.

2. - Deus não é parte da criação. Ele é separado dela e foi o criador dela (Is 44:24).

3. - O Homem não é Deus, ele é uma criatura (Gn 1:26).

B. - O homem é bom por natureza.

1. - O home não é bom por natureza (Ef 2:3).

C. - O homem tem um potencial infinito.

1. - Esta conclusão arrogante baseada sobre falsos conceitos de grandiosidade própria é uma enganosa, auto-satisfatória indulgência com o orgulho. Como Satanás queria ser como Deus (Is 14:12-17) e encorajou Adão e eva a serem como Deus também (Gn 3:1-5), o seguidores da Nova Era ouvem os ecos da mentira do Éden e rendem-se a eles de boa-vontade.

D. - O homem é um com o universo.

1. - Novamente a diferença entre o homem e a criação é embaçada. O homem foi feito à imagem de Deus (Gen. 1:26). O universo não. O homem é diferente da criação.

8. A Visão da Nova Era sobre SAlvação

A. - Salvação no M.N.E. significa estar em sintonia com a consciência divina.

1. - Em sintonia significa estar em harmonia com a realidade e tudo o que é percebido como sendo verdade.

B. - Desde que o M.N.E. não reconhece pecado ou pecaminosidade, não existe a necessidade de um redentor como Jesus. Salvação, para eles, é simplesmente a realização da sua natureza divina. "Eu não sou um corpo. Eu sou livre. Porque eu ainda sou como Deus me criou . A salvação do mundo depende de mim" (Miracles, Lesson 206, p. 380). Tanta arrogância é inacreditável.

C. - É uma forma de conhecimento, atingir o pensamento correto. Portanto, precisamos ser salvos da ignorância e não do pecado.

D. - Salvação, no entendimento da Nova Era, é o alcançar-se através de compreender a sua própria divindade e bondade natural, combinada com o conhecimento apropriado.

Como você pôde ver, o Movimento Nova Era não é um ensino bíblico em nenhuma de suas maneiras. É um falso sistema religioso arquitetado pelo próprio Diabo. Ele contraria o cristianismo em quase todas as suas principais tendências. Devemos anulá-lo, nos guardarmos dele e destruirmos tudo que pudermos. Será vencido, finalmente, naquele glorioso dia quando o Senhor Jesus retornar.

   
   
 
 
 
CREIA ® Centro Religioso de Estudos e Informações Apologéticas -2005 - Desenvolvido por Paulo Roberto